SEASM - Sociedade de Engenharia e Arquitetura de Santa Maria, RS

PALAVRA DO PROFISSIONAL: “PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO”



PALAVRA DO PROFISSIONAL:

PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO”

Engª Civil e de Seg. Trabalho: Luziany Colusso Barnewitz

A segurança contra incêndio é um assunto de extrema relevância para a sociedade, pois trata diretamente da proteção das pessoas e do patrimônio. Por isso, este tema deve ser atendido ainda na etapa conceitual do projeto arquitetônico, onde é definida a criação da edificação. Nesta fase, podem ser previstos e alterados possíveis problemas futuros que demandariam tempo e custos para resolvê-los, além de possivelmente afetar a durabilidade e qualidade da construção através de adequações.

Os profissionais como engenheiros e arquitetos são importantes na hora da concepção do projeto do prédio, porque ao desenvolver um projeto pensando não somente no conforto, mas também na segurança contra incêndio, podem amenizar as consequências em caso de algum sinistro onde, muitas vezes, perdem-se vidas.

O domínio sobre os conceitos que margeiam o tema incêndio, suas causas e resultados, permite a utilização de ações de prevenção adequadas para aumentar a segurança contra o poder violento do fogo, portanto, a elaboração de um bom Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) é imprescindível para um bom andamento nas etapas de execução e utilização de uma edificação. O Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) é um processo obrigatório, demandando e exigido por órgãos públicos, e necessário para todas as edificações existentes, em construção eu em reforma, e de extrema relevância para a sociedade.

Atualmente, no Brasil existem várias leis, normas e planos que circundam o universo da proteção e combate a incêndios, para serem elaborados os PPCIs, que é o Plano de Prevenção Contra Incêndios, o qual norteia a elaboração de um método eficaz de prevenção. Dessa forma, surge o questionamento de como estão sendo elaborados os PPCIs em edificações multifamiliares ou comerciais e de serviços. Os PPCIs têm como objetivo proteger a vida dos ocupantes e as edificações através de ações que evitam a propagação do fogo e reduzem os danos materiais causados em uma situação de incêndio. Além disso, é responsável pela adequação correta dos sistemas de combate ao fogo, como os equipamentos, sinalizações e demais equipamentos para prevenção e proteção contra incêndio. Apesar da área de Segurança Contra Incêndio (SCI) ser de responsabilidade dos Estados, poucos têm legislação atual e completa.

Apesar da vasta legislação e preparação dos projetos para a prevenção contra incêndios, nota-se que a sociedade não está preparada adequadamente para reagir em caso de incêndio. Isto ocorre possivelmente devido à falta de treinamentos, informações e orientações contra incêndio.


VOLTAR